Breno Torres Contos

Resenha: Pesadelos Infautos - Breno Torres

16.10.17Suzana Chaves Linhares



Olá leitores! Outubro é mês de Halloween e irei trazer algumas leituras relacionadas ao tema durante esse mês. E para abrir com chave de ouro, trago para vocês Pesadelos Infaustos, do escritor Breno Torres.



Quem nunca escutou algum conto de terror? Até mesmo aquelas histórias contadas por nossos avós ou quando em uma rodada de amigos resolvem contar histórias sobrenaturais que arrepiam até a alma? Acho que todos né?


Pesadelos Infaustos é composto por dez contos de terror de estilos diferentes, vamos encontrar aquele terror mais tranquilo, com uma maior pegada de suspense. Mas também encontraremos aquele terror de arrepiar a alma até a próxima reencarnação.

Os contos que mais me impactaram foram: O Malefício da Bruxa, Aos Vales dos Condenados, Do Céu ou de onde Quer Que Eu Vá e Um Conto de Fadas ou Meninos e Fadas não Choram.



Em O Malefício da Bruxa  vamos conhecer a história de uma jovem bruxa que vivia no interior da floresta, ela precisava chegar até a abadia do vilarejo em que morava, precisava falar com o Bispo. Até chegar lá, ela é atacada por um grupo de homens e para o azar deles, ela se liberta e se vinga do que fizeram com ela. Ela tem assuntos importantes para tratar com o Bispo, algo que nem a igreja pode saber, pois até ele corria o risco de ser condenado pela inquisição. O tipo de relação entre os dois e o motivo dele ajuda-la foi bem incrível, confesso que não esperava tal revelação. Nesse conto, o terror é bem explorado e é arrepiante.

...que sua alma há de ferver...

Aos Vales dos Condenados vamos conhecer um casal que tem dois filhos. Durante algumas noites do ano Jeremias saia de casa, seu argumento era que precisava caçar para manter a alimentação da família, já que o tipo de animal que ele abatia tinha hábitos noturnos. Sua esposa não reclamava, já que ele sempre chegava com a cala em casa. Mas as noites chuvosas começaram e mesmo assim Jeremias saia para caçar, só que ele não trazia mais nada para casa. Sua esposa começou a desconfiar que ele podia estar sendo infiel, mas a verdade era bem pior do que uma traição. Esse conto me deixou de coração apertado e de boca aberta, é um final bem triste.

Era hora de seguir para seu exílio eterno. pesaria menos a cruz do outro lado?

Do Céu ou de onde Quer Que Eu Vá é um conto muito triste! Mas também é bonito. O ambiente em que se passa a história é um hospital, a história nos conta relatos de um quarto que é considerado milagroso e que até os pacientes desenganados conseguiam sua cura. Foi com essa esperança que Marjorie foi internada no quarto 302, quem sabe ela conseguisse o mesmo milagre. A relação entre ela e a médica responsável é bastante bonita e emocionante. 

Havia o quarto 302 perdido seu poder maravilhoso de tornar transponível a linha entre o sobrenatural e o real?

Um Conto de Fadas ou Meninos e Fadas não Choram Esse conto foi mágico e fofo. É um conto que mistura duas criaturas bem conhecidas: fadas e vampiros. Nessa história, as fadas são retratadas de uma maneira diferenciadas, continuam sendo seres delicados e de luz, mas podem ser guerreiras e serem fortes o suficiente para destruir o mal. E com a ajuda de um garotinho super especial, a dupla tem sucesso em sua missão. Esse conto foi muito gostoso de se ler.

Afinal, meninos não choravam.



Pesadelos Infaustos foi o primeiro livro de Breno Torres e posso dizer que estreou com bastante maestria. A escrita do Breno é bastante fluida, envolve o leitor, ele sabe brincar muito bem com as palavras, sempre respeitando o estilo do conto. Quando vi o livro ser anunciado, fiquei bastante curiosa para conhecer e fiquei mais empolgada ainda quando soube que ele é meu conterrâneo! Para quem não sabe, a blogueira que vos fala é de Belém, no Pará. Corri e garanti o meu exemplar logo na pré-venda.

É perceptível as influências de Anne Rice e Bram Stoker em sua escrita, principalmente nos contos vampirescos, desde o estilo de narração até a criação do personagem.

A diagramação está incrível, a editora Arwen está de parabéns pelo trabalho gráfico. A capa é bem sombria e a caveira brilha conforme os ângulos da luz. As duas páginas iniciais dos capítulos são pretas com letras brancas e as demais são amareladas.

Se você curte contos de terror, que variam do macabro ao mais calmo, então Pesadelos Infaustos vai prender você!

Até a próxima!




Você Pode Gostar Também

12 comentários

  1. Oi, tudo bem?

    Não conhecia este livro ainda. Comecei a pouco tempo a gostar de livros de terror, antes tinha um pouco de medo de ler. Este parece ser bem legal. E que bom que você curtiu e que a escrita do autor é fluida e envolvente. Vou deixar a dica anotada.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Sou tão medrosa que todas as vezes em que vi rodinhas se formarem para histórias de terror serem contadas saí de perto, nunca quis passar pela experiência. Já tentei ler terror mas me dá pesadelos, então prefiro não fazer mais isso. Se fosse tudo mais para o suspense talvez eu me arriscasse, mas como também tem contos de arrepiar a alma prefiro deixar a dica passar.

    ResponderExcluir
  3. O livro já me interessou pelo gênero que amo e por ser conto que também muito me agrada.
    Valeu a dica! Bjs

    ResponderExcluir
  4. Heiii, tudo bem?
    Adorooo Halloween, mas confesso que sou medrosa qdo se trata de livros e filmes de terror.
    Esse pela capa eu ja vejo que vai me dar mtooo medo.
    Ainda nao conhecia os contos, mas vi que foram bem escritos e que bom que gostou do trabalho do autor.
    Vou deixar essa dica passar dessa vez, hehe.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  5. Oiii tudo bem?
    Que demais esse livro guria, eu sou completamente apaixonada por livros de terror, fiquei extasiada porque não conhecia o livro e nem o autor, nem a editora e isso me deixou bem animada. Dica super anotada e adorei as suas fotos, só demonstraram o quanto a edição está linda.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Gostei bastante do trabalho gráfico do livro. Tá bem bonito. Eu infelizmente difícilmente leio livros com contos,as fico feliz q tenha gostado da leitura, os contos que citou parecem ser realmente interessantes.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  7. Adorei a capa.
    Adorei as Quotes.
    Quero esse livro pra ontem!
    Adoro livros de contos e curto o terror, não conhecia o livro e já gostei, sua resenha ficou ótima!

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie!

    Achei a proposta do autor muito interessante, amo esse tipo de contos, mas tenho um medo terrível deles, mas irei anotar o nome aqui para com certeza compra-lo no futuro, quero conhecer de perto as histórias criadas pelo autor!

    BJss

    ResponderExcluir
  9. oie!
    Confesso que não tenho costume de ler livros de terror, mas mesmo assim, gostei dessa dica. Não gosto de contos, mas como é diferente do que eu estou acostumada a ler, já me chamou bem a atenção.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Não leio muitos livros de terror, mas esse parece ser interessante. O trabalho de capa e edição da Arwen está incrível, como sempre.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Tudo bom?
    Nossa que livro macabro kkkk, amo livros assim, já estou babando nele, quero em minha estante kk.
    Parece tratar-se de uma narrativa bem bacana, fiquei interessada.
    Beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  12. Olá!!!
    Que capa lindíssima hein! Uma arte espetacular, pena não ser adepta de contos kkkk, sempre acho que podia ser mais, mas ainda sim uma linda obra.

    Beijokas

    ResponderExcluir

Olá! Seu comentário é muito importante! Todos os posts são escritos com bastante carinho para todos os leitores.

Sempre que der, vou responder seus comentários. Obrigada pela visita e volte sempre!

Siga o blog no GFC, Curta nossa Fanpage. Siga no Instagram.

Publicidade

Visitas

Formulário de contato