Olá leitores, tudo bom? Uma garota que descobre ser herdeira de um reino, para muitos seria uma alegria imensa. Mas, não é isso que Lucy irá sentir. Vem comigo conhecer O Destino das Sombras.

Lucy é uma jovem órfã da Inglaterra, ela e a irmã Sophie, foram deixadas ainda bebês na porta do Orfanato da Senhora Simons. O tempo passa, as meninas crescem e suas personalidades aparecem. Sophie recebera todos os mimos, era tratada com bastante mimo, já Lucy sempre foi tratada de maneira hostil. Diferente de Sophie, Lucy começou a apresentar uma personalidade amarga e má, seu sonho era sair daquele lugar e viver uma grande aventura. 

"Ela era uma garota encantadora, além de ser  a mais inteligente de todos naquele orfanato"



Eis que um dia, chegam dois rapazes no orfanato, os irmãos Alexander e William, tinha como função levar a garota que podia manipular tanto a luz quanto as sombras. E assim Lucy foi levada do orfanato, ela fingia estar assustada, mas por dentro estava em êxtase.

"Lucy não estava nem de longe triste com esse "sequestro", essa era a chance que ela sempre esperou para se livrar deste lugar."

Ao longo do caminho, ela descobre que é filha da rainha que está destruindo o reino e que o reencontro entre mãe e filha não seria algo amoroso, ao contrário, seria cheio de perigos. Ao longo dessa jornada, Alexander (ou Alec) e Lucy se apaixonam e irão viver grandes aventuras por Zarton. Irão tentar salvar o povo da rainha megera e ao mesmo tempo, tentar salvar Lucy do seu terrível destino.



O Destino das Sombras tem um enredo bem legal, apresenta elementos fantásticos bem construídos, principalmente quando a história narra sobre os domadores de luzes e sombras. Outro ponto positivo é quem é o narrador da história, é no estilo do livro A menina que roubava livros, mas quem narra a história aqui é o destino. 

"Bem, talvez seja este o fim. Sei que não é o final que você esperava, mas pense..."

O que não me agradou na leitura foi a protagonista, Lucy. Não me importo se a protagonista é má ou egoísta, acho até legal quando foge dos padrões. O que irritou bastante foram as atitudes dela, parecia mais uma criança mimada do que uma jovem egoísta e rancorosa, o tempo todo jogava ofensas para o pobre do Alec, ás vezes ficava sem sentido. A palavra patife era doce em sua boca, era repetida demais e isso dava nos nervos.

Lucy ter rancor do seu passado, do modo como foi criada e descobrir que sua mãe não é a melhor mulher do mundo, todas essas informações são coerentes para criar uma personalidade hostil e mesquinha. Mas, não precisava exagerar na chatice. Se não fosse esse detalhe, Lucy seria uma protagonista memorável.

Alec é um personagem apaixonante. Também não teve um passado fácil, mas isso só o tornou forte ao longo do tempo e mesmo Lucy sendo grosseira com ele, Alec vê que é possível tirar algo bom daquela pessoa. Lucy se sente bem ao lado de  Alec e ambos vivem um romance bem legal. Nada de romance cor de rosa e sim cheio de imprevistos.

Para mim, o ápice da história foram os seis capítulos finais, onde os planos são postos em prática e o confronto onde mãe e filha acontece. Nesse momento, Lucy mostrou seu valor e fez o que era necessário para salvar aqueles que amava. Sim, ela amava apenas duas pessoas e faria o que fosse para protegê-los. Essa personalidade que Lucy revela no final do livro é que poderia ter sido trabalhada ao longo de toda a história. O final é bem diferente, não há um final feliz e achei isso bem interessante.



A diagramação está ótima, páginas amareladas, fonte adequada para leitura. A capa representa Lucy em meio a névoa de incerteza que é o seu futuro. O Destino das Sombras é um livro com uma história diferente, e que apesar da protagonista não ter me agradado, vale a pena ser lido.

Até a próxima!

27 Comentários

  1. É engraçado, eu também lido numa boa com anti-heróis e até protagonistas vilões, mas personagens mimados são mais difíceis de aturar rsrsrs
    Vou colocar esse livro na lista do "talvez".
    Valeu a dica!

    ResponderExcluir
  2. Oi.

    Adorei conhecer este livro através de sua resenha. Ainda não o conhecia, nas verdade, eu nunca li nenhum livro da editora. Tenho que procurar algum que me interesse para começar kkk. Este parece ser até legal, mas não me despertou o interesse em ler. quem sabe da próxima?!

    ResponderExcluir
  3. Oiee Suzane ^^
    Se tem uma coisa que eu não gosto, é de protagonistas chatas. Principalmente quando tem alguém apaixonadx por elas. Como assim?
    Já tinha visto sobre esse livro antes, mas não tenho curiosidade de conhecer, a premissa não me chama a atenção :/
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Gosto bastante de fantasia e fiquei curiosa com os Domadores, mas quando você falou da personalidade da Lucy fiquei bem preocupada, eu também não costumo ter muita paciência para mimimi :/

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Nossa, nem imaginava que a protagonista era assim. Comprei o livro na promoção da Arwen e fiquei bem decepcionada agora, odeio protagonistas mimados :(
    Fiquei feliz em saber que no geral a história vale a pena ser lida, mas tô com o pé atrás agora kkkk

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Ainda não conhecia esse título e, apesar de gostar do gênero, não fiquei interessada na leitura por conta da protagonista. Acho legal, como você, quando os personagens fogem do padrão que encontramos por aí, mas detesto - sim detesto - protagonista mimamos com atitudes ridículas.
    Enfim, esse livro não é pra mim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Ainda não conhecia esse livro, mas achei a trama interessante mesmo sabendo que a protagonista vai me irritar.
    Mas mesmo assim, vou anotar essa dica para conferir futuramente.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Protagonistas irritantes - não importa quem - me tiram do sério. Já teve caso de eu passar o livro inteiro torcendo contra quem agia como criança mimada. Você destacou que, apesar dela, o livro vale a pena. Vou pensar um pouco mais sobre isso. Obrigada por compartilhar conosco a sua experiência! Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Muitas das características dos personagens que contou na resenha, são exatamente os motivos pelos quais tenho evitado livros com adolescentes ultimamente. Ando tão cansada de certas frescuras que não consigo ler, mas isso é reflexo de um período em que li muitas coisas do gênero. Então, eu passo no momento... mas fico feliz que tenha gostado. A capa esta maravilhosa <3

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  10. Olá linda,

    O enredo é cativantes, porém personagens extremamente infantis e não aqueles egoístas e prepotentes que já são maduros e tudo mais não me agradam em nada, porque a maioria das vezes estão em apuros por pura falta de refletir antes de agir.

    Quem sabe darei uma chance por causa da tensão entre mãe e filha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia o titulo, mas a história parece-me ser interessante, porém quando o personagem é irritante fica difícil, li um livro assim que valeu a pena, mas fico me perguntado se vale a pena arriscar novamente.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olaaa
    Que pena que você achou o personagem irritante mas fazer o que ne ?
    Adorei sua dica e a capa é linda
    Dica super anotada

    ResponderExcluir
  13. Gostei da premissa fantástica da história, especialmente dos Domadores, é sempre bom ver pontos de vista diferentes sobre o embate luz e trevas. Também gostei muito de ver que o narrador é o destino, adoro narradores diferentões. Mas não sei se conseguiria ler tudo sem xingar a protagonista. Não tenho paciência nem com gente chata, que dirá personagem... rsrs... Juro que tentarei ler, mas não garanto. Bj!

    ResponderExcluir
  14. Olá, eu ainda não conhecia o livro e, depois da sua resenha, achei a premissa bem interessante, assim como a forma da narração. Pelas citações, parece que a escrita é boa. Talvez eu leia futuramente, mesmo com suas ressalvas em relação à protagonista.

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?

    Não conhecia o livro, mas já fiquei encantada. Eu tenho um fraco por fantasias, pois livros desse gênero sempre conseguem me prender do início ao fim e me deixar em êxtase. Creio que eu também teria um certo problema com a personalidade da Lucy, pois não suporto personagens que se comportam com esse extremo. O Alec parece ser um personagem maravilhoso, então já amei ele mesmo sem ler. O final não feliz já me deixa feliz, gosto de surpresas. Adorei a dica!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá
    Não conhecia o livro, e tenho que confessar que a capa me chamou muita atenção. Odeio protagonista com personalidades complicadas que me irritam atoa com suas atitudes. É bem ruim quando não nos damos bem com a protagonista pelo menos isso faz o ritmo da leitura ficar mais lento. O enredo em si parece ser muito legal e fiquei bem interessada. Gostei bastante da sua resenha. E quero ter a oportunidade de ler esse livro.

    ResponderExcluir
  17. Oi Su, tudo bem???
    Apaixonada pelo seu novo lay... tá uma fofura... eu amei a capa deste livro, mas como sabes não são todos os livros de fantasia que me cativam para ler... esse eu até achei interessante, mas eu me conheço e não conseguiria ler... de qualquer forma, que mesmo com a ressalva a leitura foi boa e as partes finais melhor ainda. Xero!

    ResponderExcluir
  18. Quando a protagonista não me agrada a leitura se torna super dolorosa pra mim, e por isso já fiquei com o pé atrás. Ainda tem o agravante de não ter final feliz, que no meu caso é um enorme problema... Rs... Enfim, parece bem interessante, curto demais o gênero, mas não acho que seja história para mim.

    ResponderExcluir
  19. OOi!
    Acho bem ruim quando a protagonista é assim, às vezes acaba estragando a leitura. ainda assim, achei bem legal a premissa do livro - que até então que não conhecia. Amo fantasia, e essa capa está linda. Na verdade, a maioria dos livros da editora arrasam nesse quesito. haha
    dica anotada!

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem?
    A obra me parece ser bem escrita e elaborada, mas não sei se seria uma leitura que me agradaria, mas só lendo para saber né, então vou coloca-lá na lista.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  21. Oi Su, sua linda, tudo bem?
    Eu gostei muito do enredo e confesso que me surpreendi com o desenrolar dos fatos, já que ela parecia ser má, saiu de lá fingindo sentir o que não sentia, parecendo ser uma pessoa que não era e de repente encontra o amor e se entrega em uma luta como se fosse uma pessoa boa. Mas em confio em sua opinião, a impressão que eu tive é que a personalidade dela não foi bem trabalhada, e por isso acho que não conseguiria me envolver. Gostei muito da sua sinceridade como sempre, a resenha ficou ótima!!!!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  22. Olá,

    Também não suporto quando os protagonistas tem atitudes imaturas, fico muito irritada quando isso acontece. A premissa do livro é bem legal, mas como recentemente li algo parecido, não me senti tentada a conhecer essa história, pelo menos por agora. Então, deixarei a dica para um outro momento! Nunca li nenhum livro da editora Arwen, porém todos falam super bem das edições, achei essa capa bem sombria, mas ao mesmo tempo chamativa.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Oi!
    Não conhecia esse livro ainda e confesso que não me animei muito com a premissa pois é o tipo de trama que eu deixei de ler já faz um bom tempo pois já não me agradava mais. Isso somado ao fato da protagonista ser, aparentemente, bem desagradável na maior parte do tempo não me animou muito quanto a realizar essa leitura. Em compensação amei a edição, a capa ficou linda.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Oi Suh, não conhecia este livro e como gosto demais de fantasia certamente ele deverá me agradar, embora tenha a personagem da Lucy que provavelmente deverá me irritar por ser mesquinha e egoísta, o passado e a vida que se leva ou levou não devem ser motivos para tornar as pessoas assim, pelo contrário para muitas pessoas esses fatores servem para deixa-las ainda mais fortes e diferenciadas, pelo menos no final do livro a Lucy mostra uma essência diferente.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  25. Oie, tudo bem?! Olha quando vejo protagonistas com essas definições, eu simplesmente corro dos livros. Nesse momento essa é uma leitura que não tenho intenção de ter. Mas valeu pela dica!
    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Oi, tudo bem?
    A premissa do livro eu gostei, mas a personagem parecer uma criança birrenta e vez de uma jovem egoísta me faz pensar um milhão de vezes antes de ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  27. Oi, tudo bem?
    Concordo com você, lidar com personagens mimados é mesmo muito difícil... Também prefiro os personagens que fogem dos padrões, os anti heróis e vilões cheios de defeitos aos mocinhos fúteis e mimados.
    Bjs!

    ResponderExcluir

Olá! Seu comentário é muito importante!

Todos os posts são escritos com bastante carinho para todos os leitores.

Sempre que der, vou responder seus comentários.

Obrigada pela visita e volte sempre!

Siga o blog no GFC, Curta nossa Fanpage. Siga no Instagram.